Notícias

Crescimento do Valor Bruto da Produção Pecuária de 2019 chega a 6,6%

Crescimento do Valor Bruto da Produção Pecuária de 2019 chega a 6,6%

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) de 2019 está estimado em R$ 609,5 bilhões, com base em dados de outubro. O valor é 1,7% acima do resultado de 2018, que foi de R$ 599,4 bilhões.

Na estimativa, as lavouras chegam a R$ 399,9 bilhões e a pecuária, R$ 209,5 bilhões. O valor da pecuária foi elevado a 6,6%, enquanto que as lavouras tiveram uma redução de 0,7%.

Os resultados favoráveis da pecuária estão presentes em quase todos os segmentos, exceto para o leite que tem queda de valor em relação a 2018. Os melhores resultados vêm sendo observados em carne suína, carne de frango e com pequeno aumento em carne bovina. Esses produtos têm sido beneficiados pelo aumento das exportações (Agrostat, 2019). A produção de ovos passa por uma boa fase, tendo atingido aumento real do valor de 21,6%.

Estimativas do VBP 2020

De acordo com projeções da Conab, a safra de grãos 2019/2020 deve chegar a 246,37 milhões de toneladas, considerada a maior da história do país, e 1,8% acima de 2018/2019. Dentro do total estimado, esperam-se 98,4 milhões de toneladas de milho e 120,9 milhões de toneladas de soja.

“O VBP de 2020 é pouco abaixo do observado em 2019. Como primeira estimativa, o valor previsto é de R$ 605,4 bilhões”, diz a nota técnica. O valor envolve incertezas climáticas, como secas, que podem levar ao atraso no plantio. Também as informações ainda são incompletas sobre quantidades e preços de produtos.

O que é VBP

O VBP mostra a evolução do desempenho das lavouras e da pecuária ao longo do ano e corresponde ao faturamento bruto dentro do estabelecimento. Calculado com base na produção da safra agrícola e da pecuária, e nos preços recebidos pelos produtores nas principais praças do país, dos 26 maiores produtos agropecuários do Brasil. O valor real da produção, descontada a inflação, é obtido pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) da Fundação Getúlio Vargas. A periodicidade é mensal com atualização e divulgação até o dia 15 de cada mês.

Fonte: Mapa