Notícias

República de Camarões abre mercado para genética avícola do Brasil

República de Camarões abre mercado para genética avícola do Brasil

A República de Camarões deve abrir o seu mercado para a genética produzida pela avicultura brasileira. O setor produtor de genética avícola do Brasil, poderá fornecer pintinhos de 1 dia e ovos férteis para a avicultura camaronesa. A medida acontece logo após o país sofrer indiretamente os impactos da crise sanitária da avicultura europeia, causada pela influenza aviária.

O Brasil se consolidou como plataforma exportadora global de genética avícola. Atualmente, fornece insumos para 58 mercados na Ásia, África, Europa e Américas. Segundo Ricardo Santin, presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Camarões é um mercado com grande potencial de expansão de crescimento na produção e nos níveis de consumo. Com uma produção anual de aproximadamente 150 mil toneladas de carne de aves, a avicultura representa mais de 40% do total de carnes produzidas no país. Em termos de consumo, segundo a FAO, o consumo per capita do país cresceu de 2,2 kg em 2006 para 5,6 kg em 2016.

Fonte: Canal Rural